Seja bem-vindo a AULAS100, o espaço que ensina informação e conhecimento relacionados a temas educativos e de saúde que transformam os leitores em curiosos, competentes e formadores de opinião.

A SUSTENTABILIDADE DEVERIA SER PRATICADA CONSTANTEMENTE PELO BRASILEIRO


Para a metodologia nos três primeiros anos funcionar, é necessário primeiramente os pais tomarem conhecimento porque nem eles sabem passar aos filhos condutas disciplinares de cidadania, principalmente no que se refere a práticas de sustentabilidade.  

O exemplo foi na época da Copa do Mundo de 2014. Após a partida entre Japão e Grécia, os japoneses mostraram atitude de civilidade e educação, recolhendo o lixo produzido na Arena das Dunas, em Natal.
Os japoneses realmente mostram oportunidade de se aprender com outras culturas, algo que falta muito na mentalidade do brasileiro que lê pouco e não valoriza seu próprio país em questão de conhecimento e sabedoria.


Leia o texto completo

ALZHEIMER PODE AFETAR TAMBÉM JOVENS


MAL NEURODEGENERATIVO É MAIS VISTO EM IDOSOS, MAS PODE AFETAR JOVENS A PARTIR DOS 30.

Caracterizada inicialmente pela perda de memória recente, a pessoa que é acometida apresenta sintomas como desorientação espacial (se perde, por exemplo, ao ir à padaria), perda da capacidade de executar tarefas que demandam organização  (como cozinhar ou dirigir) e dificuldade de nomear objetos e formular frases.

É uma enfermidade neurodegenerativa causada pela morte progressiva de células do cérebro e normalmente começa a dar sinais em pessoas de 65 anos, sendo mais comum em idosos a partir dos 80.

Mas acontece também em pessoas mais novas, e quanto mais nova a pessoa for, maior é a chance de a doença ter origem genética. Existem famílias que carregam consigo o gene do Alzheimer precoce, que tem 50% da chance de passar para o filho.

Nessa família, sempre terá pelo menos uma pessoa de cada geração com a doença.

Por conta da perda progressiva da capacidade de dar conta de si, o paciente afetado pelo Alzheimer passa a depender mais da família, e esse mal traz um grande impacto na família, primeiro pela mudança de comportamento e perda de memória do parente. Com o passar do tempo, a pessoa precisa cada vez mais de cuidados especiais.

O Ministério da Saúde estima que haja 1,1 milhão de pessoas com a doença no país.




Ler Mais

Como melhorar a qualidade funcional da escola 3-3



Existem muitas escolas que conseguem fazer por onde e ofertam aos estudantes meios adequados para associar informação, conhecimento e sabedoria.

Considerar os assuntos escolares em associação com o cotidiano, fora dos muros escolares, é a saída para a introdução motivacional e a interdisciplinaridade terem a oportunidade como dupla salvadora da valorização escolar e dos profissionais de ensino.
Ler Mais

Como melhorar a qualidade funcional da escola 2-3



A introdução motivacional e a interdisciplinaridade são ferramentas sugestivas que, sempre unidas, fazem a escola ser atraente quanto ao método e, em segundo lugar, os recursos tecnológicos, além dos já existentes recursos convencionais - quadro negro e quadro branco.

O que nós queremos numa escola moderna? Existe uma visão equivocada de que adotar a metodologia moderna é apenas informatizar a escola com equipamentos de última geração, achando que, dessa forma, é o bastante para a obtenção de mais alunos. É a mesma coisa de querer um hospital todo estruturado, com aparelhos modernos, mas carecem de profissionais capacitados, habilitados para a operação dos recursos materiais.


As reuniões periódicas tiram do aluno a noção errada de que os conteúdos aprendidos não são inúteis, pensando que não estão em associação com a vida cotidiana - no lar, no trabalho,e na rua. As aulas de reforço escolar ajudam a saber estudar e não somente estudar, pois muitos estudam, mas não sabem estudar. Da mesma forma pesquisar um assunto e levá-lo ao debate para aumentar o poder de argumentação.
Ler Mais