Seja bem-vindo a AULAS100, o espaço que ensina informação e conhecimento, com artigos e curiosidades, todos relacionados a temas educativos e de saúde que transformam os leitores em curiosos, competentes e formadores de opinião.

8 de jun de 2010

Um par há 4 bilhões de anos


Uploaded with ImageShack.us

Nenhum outro planeta tem uma lua tão grande em proporção ao seu tamanho quanto a Terra. Alguns astrônomos chegam a dizer que a Terra e a Lua são um planeta duplo, não um sistema de planeta e satélite. Na verdade, dizer que a Lua gira em torno da Terra é uma simplificação.

Os dois mundos giram em torno de um centro comum de massa, que fica dentro da Terra, mas não em seu centro. Como a Terra acabou ficando unida a outro mundo tão grande, ainda é motivo de discussão entre os astrônomos.

A teoria mais recente diz que a Lua nasceu da colisão da Terra com um planeta do tamanho de Marte. Tal colisão teria ocorrido há 4 bilhões de anos, na época em que a superfície da Terra ainda era pura lava incandescente. O impacto fundiu a superfície dos dois mundos, lançando um jato de matéria incandescente no espaço a qual acabou se solidificando para formar a Lua.

No início, a Lua estava muito mais perto da Terra do que hoje. Gradualmente foi se afastando - 100 quilômetros a cada 1 bilhão de anos - até alcançar a distância atual.

Longe ou perto, a ação da Lua sobre a vida na Terra foi sempre importante. Diversas criaturas marinhas têm seus ciclos de vida e acasalamento regulados pela ação das marés e pela luz da Lua Cheia.

Se for comprovada a teoria que diz que a Lua exerceu uma ação de frenagem sobre a velocidade de rotação da Terra e permitiu a conquista dos continentes pelos seres vivos, estará confirmada mais uma relação entre os ritmos da vida na Terra e a ação da Lua.

0 comentários:

Postar um comentário

- Valeu pela visita de vocês e fiquem à vontade para ler e comentar.
- Dêem uma olhada também nas postagens antigas, tem muita coisa bacana para ler e aumentar o conhecimento.
- O mesmo vale para quem chega até aqui através das buscas. Voltem sempre.

.... ...