Seja bem-vindo a AULAS100, o espaço que ensina informação e conhecimento, com artigos e curiosidades, todos relacionados a temas educativos e de saúde que transformam os leitores em curiosos, competentes e formadores de opinião.

3 de ago de 2009

NAMORO VIRTUAL X REAL

Será que namoro virtual vale a pena?

Cada vez mais pessoas se conhecem primeiro na web e só depois ao vivo.

Hoje em dia pagamos contas, compramos livros, eletrodomésticos, passagens de avião, tudo pela Internet. Pesquisamos sobre qualquer coisa, vemos vídeos, jogamos partidas com pessoas do outro lado do mundo, fofocamos, nos informamos sobre o que está acontecendo na esquina e no Oriente Médio. E não piscamos mais o olho para flertar com um pretendente: damos um clique.

Uma tecladinha aqui, uma olhada no Orkut ali, uma passada no blog. Pronto: interesse, flerte, encantamento e primeiro encontro. Uns declinam na etapa do telefone. Outros não passam do primeiro chope. Alguns constroem belas amizades. E há os felizardos que se conhecem via web e seguem juntos até o altar.

Sempre alerta

Conhecer um pretendente pela Internet exige prudência. Vivemos na era virtual, em que muitas pessoas se escondem por trás da tela do computador. Alguns, por timidez. Outros por dissimulação mesmo. Na rede todo mundo é lindo, paciente, romântico, carinhoso. Na vida real, a surpresa pode desagradar e o príncipe ser grosseiro, pão duro, um sapo. Devemos impor limites e dar atenção ao nosso sexto sentido. Uma mentira não se sustenta por muito tempo.

A internet é como um bar ou uma boate, o local de trabalho ou a faculdade. As pessoas alertam sobre mentiras quando se trata de conhecer alguém em sites de relacionamento, mas temos que atentar para a diferença entre mentir e mostrar o melhor de si.

Cuidado para não cair em qualquer conversa. É legal tentar aguçar a sensibilidade e notar se há contradições na fala do outro, salientando a importância de colher o maior número de informações sobre o pretendente. A hora de sair do virtual para o real é quando a vontade for mútua e houver segurança. Em geral, as pessoas se conhecem em sites, passam para o MSN e depois para o telefone. É aí que marcam um encontro, lembrando que cada etapa pode revelar mais dados do outro.

0 comentários:

Postar um comentário

- Valeu pela visita de vocês e fiquem à vontade para ler e comentar.
- Dêem uma olhada também nas postagens antigas, tem muita coisa bacana para ler e aumentar o conhecimento.
- O mesmo vale para quem chega até aqui através das buscas. Voltem sempre.